fbpx
Paisagismo

A Relevância do Jardim Vertical nos Edifícios

22 Março, 2019

Numa altura em que as zonas urbanas pretendem reaver um ambiente de natureza, vemo-nos confrontados com a falta de espaço. Como contornar isso? Com a implementação de jardins verticais nos edifícios.

Neste artigo abordamos esta temática sob uma perspetiva de caracterização, vantagens e exemplos práticos da verticalidade da natureza a nosso favor.

a importância do muro ver nos edíficios

 

O que são jardins verticais nos edifícios?

Os jardins verticais, também conhecidos como muros vivos, são estruturas que se incorporam nas fachadas exteriores de prédios ou no interior dos edifícios.

A escolha do tipo de jardim vertical e a escolha das plantas dependem das características do local, como a orientação solar, as condições de luminosidade, as condições micro-climáticas locais, a disponibilidade de rega, etc. Outro fator a ter em conta tem a ver com os custos de manutenção  (limpezas, podas, perenidade das plantas,  rega, etc.).

Saiba mais sobre as vantagens de um jardim vertical no seu edifício.

 

As vantagens de ter um jardim vertical no seu edifício

No caso de jardins verticais dentro do edifício, as vantagens são muitas para os trabalhadores em termos psicológicos. Abordamos esse caso noutro artigo no nosso blog. Pode também ler mais sobre jardins interiores aqui.

No caso dos jardins verticais exteriores, uma clara vantagem é a estética que proporciona à fachada do edifício. Isto ajuda a valorizar o imóvel, porque é diferenciado de uma forma única. Um pormenor de cor e natureza que se destaca no meio de uma cidade cinzenta é provavelmente um argumento suficiente.

Influenciando tanto o interior como o exterior do edifício, os jardins verticais melhoram a qualidade do ar. Um muro vivo numa fachada ajuda a oxigenar o ar e a manter um nível equilibrado de humidade e temperatura, atuando como barreira térmica. Isso reflete-se num ambiente mais fresco no verão e menos frio no inverno. É uma opção a considerar para quem pretende poupar em custos energéticos, nomeadamente em ar condicionado.

Além do ar, os jardins verticais também filtram o som. As plantas constituem um isolante sonoro natural, benéfico para quem vive ou trabalha na azáfama do centro de uma cidade.

Em suma, existem muitas vantagens na implementação de jardins verticais que não se limitam a considerações ecológicas ou de sustentabilidade. Não quer dizer, no entanto, que isso não seja relevante.

 

Os jardins verticais num contexto corporativo

Cada vez mais empresas têm vindo a expressar publicamente a sua consciência ambiental. Que demonstração tão visualmente impactante como um “edifício verde” poderá haver?

Alguns edifícios criados de raiz já contemplam esta hipótese nos seus planos de construção para melhor acomodar um ou mais jardins verticais. Mas estes adaptam-se facilmente a estruturas já existentes, uma vez que esta é a prática mais comum.

 

Pretende realizar projetos de jardins verticais mais altos do que um arranha-céus? A Jardins do Paço adapta-se ao tamanho dos seus sonhos. Entre em contacto connosco!

Ver mais artigos no BLOG.

Jardins do Paço

Comentários

Leave A Reply