fbpx
Paisagismo

Como o Paisagismo influencia a Produtividade no Trabalho

25 Fevereiro, 2019

O paisagismo orientado para os locais de trabalho é uma categoria da arquitetura paisagista que poderá ser cada vez mais reconhecida e requisitada pelas empresas. Descubra como através do nosso artigo!

O paisagismo como fator de diferenciação

Por motivos de diferenciação da concorrência, a razão pela qual se investe em paisagismo é clara: um edifício de uma empresa que seja eco-friendly, além de ser louvável, é conceituado. A par disso, um projeto de paisagismo distinto cria um ambiente único, acolhedor e poderá ajudar a captar clientes.

Mas até para empresas que não dependem do contacto com clientes dentro do seu escritório para subsistir, o paisagismo é relevante.

As vantagens do paisagismo para os funcionários

No que toca a funcionários, é importante pensar-se num ambiente motivador. 40 horas semanais a trabalhar no mesmo sítio podem ser razão de desmotivação e de aborrecimento quando o espaço não é bem pensado. Um estudo realizado pela Universidade de Queensland demonstrou que a produtividade no trabalho pode aumentar cerca de 15% graças ao paisagismo. Há alguns fatores que ajudam a desconstruir este fenómeno.

A melhoria da qualidade do ar parece ser uma mais-valia óbvia. Traz não só benefícios físicos, como psicológicos e emocionais. Um ar mais “respirável” aumenta a concentração, a criatividade e até o bom humor. Acrescenta-se à produtividade individual um ambiente mais propício ao trabalho em equipa.

A ligação dos trabalhadores à natureza está relacionada com um aumento de bem-estar. Um projeto bem implementado faz com que o espaço de trabalho tenha uma sensação menos fria e muito mais humana e agradável. Aqui também interessa, claro, o aspeto estético: cores, cheiros e formas apelativas são sinónimo de motivação extra.

Um projeto de paisagismo deste género contempla várias hipóteses, muitas delas em simultâneo: a decoração do hall de entrada – o cartão de visita do espaço de uma empresa –, um espaço exterior ou interior para pausas no trabalho, a decoração de corredores e de outros espaços comuns e até dos espaços perto das secretárias.

O paisagismo corporativo visto como um todo

Estas razões são mais do que argumentos possíveis de um arquiteto paisagista para um potencial cliente. São também aspetos a ter em conta no planeamento de cada projeto.

E, como em qualquer projeto, quando uma empresa contrata um arquiteto paisagista é preciso pensar-se primeiro no conceito de que o espaço precisa, para que esteja alinhado com os interesses e valores da própria empresa.

Os objetivos são funcionais, estéticos e respeitam o funcionamento de cada espaço no dia-a-dia. O fundamental é que o projeto acrescente valor real à empresa, e não seja apenas realizado por motivos estéticos. Esta é uma responsabilidade de ambas as partes.

Projetos de paisagismo em empresas

Com a adaptação necessária às diferentes necessidades de cada projeto, a Jardins do Paço contempla neste artigo alguns exemplos práticos de paisagismo corporativo.

Os jardins verticais são muitas vezes destacados como fator de diferenciação de empresas – particularmente no contacto com clientes.

Tem interesse em implementar os seus projetos e ideias de paisagismo junto de empresas? Com a Jardins do Paço pode fazê-lo com qualidade e inovação. Fale connosco.

Tags: Paisagismo
Jardins do Paço

Comentários

Leave A Reply